Estabilização Segmentar Vertebral para tratamento da dor lombar e cervical.
12 de Abril de 2017

A Estabilização Segmentar Vertebral é uma abordagem para tratamento de dor de origem vertebral, envolvendo assim a restauração da habilidade dos músculos do tronco, incluindo os músculos profundos do tronco para realizar o controle motor (dinâmico da coluna). A estabilização segmentar vertebral segundo Panjabi consiste na interação de três subsistemas: passivo (articulações, ligamentos e vértebras), ativo (músculos e tendões) e controle  neural (nervos e SNC); as funções desses três subsistemas estão interligadas, e a reduzida função de um subsistema pode colocar exigências crescentes sobre os outros.


Na ESV há uma classificação muscular que divide os músculos em locais e globais, isto permite conhecer a ação e as características musculares diferenciadas; os músculos locais permitem o controle intersegmentar como a translação e rotação, os globais são ainda subdivididos em estabilizadores e mobilizadores, os mobilizadores  controlam as forças externas e equilíbrio de todo o corpo e os estabilizadores controlam a orientação e postura do complexo lombopélvico. É na ESV que se trabalha a correção cognitiva, da postura, do movimento, ativando e desativando a musculatura, na ativação muscular otimiza-se o controle motor em uma progressão estática, está num controle estático da orientação da coluna, na desativação otimiza-se o controle motor numa progressão dinâmica está num controle dinâmico da orientação lombopélvica.


Exercícios específicos que promovem a contração independente dos músculos profundos do tronco (transverso do abdômen e multífIdo) têm demonstrado ter efeitos benéficos em indivíduos que sofrem de dor lombar inespecífica, sugerindo a estimulação desses subsistemas.


Captura de Tela 2017-04-11 às 16.29.11.png


Estudos também têm mostrado melhores resultados em pacientes com dor cervical e cefaleias cervicogênicas com recrutamento da musculatura estabilizadora profunda da coluna cervical com a estabilização total do tronco.

A instabilidade segmentar ocorre quando há diminuição na capacidade do sistema estabilizador da

coluna vertebral em manter a zona neutra dentro de limites fisiológicos . A zona neutra é uma região de

movimentos intervertebrais onde pouca resistência é oferecida pela coluna vertebral passiva; a perda de controle da zona neutra no segmento vertebral está associada à lesão, doença degenerativa do disco e fraqueza muscular.

Quem pode se beneficiar deste tratamento?

Pessoas que tenham dores lombares ou cervicais, sendo para isto necessário uma avaliação fisioterapêutica. O tratamento tem duração de 1hora.

Referências:

Fisioterapia e Pesquisa, São Paulo, v.15, n.2, p.200-6, abr./jun. 2008;

Coluna: Intervenções com Exercícios. In: KISNER, C.; COLBY, L.A. Exercícios Terapêuticos: Fundamentos e Técnicas. 5. Barueri, SP: Manole, 2009. p. 472.

@2018 por Puxavante | wAdvice

FisioForm Clínica de Fisioterapia e Reabilitação

Rua Pedro Mayerle, 160, Anita Garibaldi - Joinville/SC, 89202-195 - 47 3433 6454

Rua Petrópolis, 668, Itaum - Joinville/SC, 89208-300 - 47 3426 1457

Rua Itaiópolis, 206, América - Joinville/SC, 89204-100 - 47 3031 9915