FISIOTERAPIA EM PACIENTES COM ATAXIA
22 de Agosto de 2018



FISIOTERAPIA EM PACIENTES COM ATAXIA

O termo ataxia se refere a um conjunto de sintomas caracterizados pela falta de coordenação dos movimentos. As alterações decorrentes da ataxia incluem problemas de equilíbrio e de coordenação motora envolvendo tronco e membros. A dificuldade do equilíbrio e a postura inadequada geram dificuldades na execução das atividades da vida diária afetando diretamente a capacidade funcional e qualidade de vida do paciente.



Existem inúmeras causas para as ataxias, podendo aparecer de forma isolada ou simultaneamente com outras condições, de forma aguda ou crônica. A ataxia normalmente está associada a uma degeneração hereditária ou adquirida de áreas específicas do cérebro e do cerebelo e/ou às vias nervosas que conduzem os estímulos.


Atualmente existem mais de 50 tipos registrados de Ataxia, podendo-se destacar:

- Ataxia cerebelar: lesões no cerebelo e nas suas vias provocadas por hemorragia cerebral, tumor, infecção ou acidentes;

- Ataxia de friedreich: tipo mais comum de ataxia hereditária que surge, principalmente, na adolescência e que provoca deformações nos pés e curvaturas na espinha vertebral;

- Ataxia espinocerebelar: tipo de ataxia hereditária que surge, geralmente, na idade adulta e provoca rigidez muscular, perda de memória, incontinência urinária e perda progressiva de visão;

- Ataxia sensitiva ou sensorial: provocada por lesões nos nervos sensoriais que levam o paciente a não sentir onde as suas pernas se encontram em relação ao corpo.


O diagnóstico da ataxia depende da história clínica e de um detalhado exame físico. Na história da doença deve-se observar não só dos sintomas, mas a maneira como estão evoluindo. Os exames laboratoriais e os de imagens são indispensáveis para diagnosticar as enfermidades causais.


Embora não exista um tratamento que interrompa o curso da maioria das ataxias, muitos cuidados podem ser tomados para a melhora da qualidade de vida. Os principais cuidados incluem a fisioterapia, a fonoaudiologia e a terapia ocupacional. Eventualmente, pode ser necessário o uso de medicamentos para diminuir algum sintoma.


A fisioterapia é uma das principais intervenções estando direcionada à melhora da função e habilidade motora, incluindo problemas na marcha, mobilidade e postura, e encorajando o paciente a se manter da forma mais independente possível dentro de seu ambiente. O objetivo deve ser específico para cada paciente de acordo com a idade, apresentação clínica e prognóstico e o programa de exercícios deve ser prescrito individualmente pelo fisioterapeuta responsável após avaliação clínica e funcional.

Baseado nesta avaliação será indicada a freqüência, a intensidade do programa e o enfoque terapêutico que pode incluir:


1) Exercícios de equilíbrio: Podem ajudar a melhorar ou manter o equilíbrio e estabilidade durante atividades como sentar, ficar em pé, andar e se mover. Exercícios de coordenação motora devem ser incorporados em atividades funcionais da vida diária.

2) Fortalecimento muscular: É essencial, mas é necessário cuidado para evitar a fadiga. O peso do próprio paciente deve ser utilizado para o fortalecimento global; fortalecer a musculatura proximal de ombros e quadril é importante para manter o uso funcional dos membros superiores e inferiores.


3) Melhora da resistência física: Através de exercícios cardiovasculares marcha na esteira e/ou bicicleta ergométrica. Exercícios aquáticos oferecem menor limitação e podem ser benéficos.

4) Treinar funções para independência: Exercícios voltados para o treino de funções do dia a dia do paciente. Exemplo: Caminhar carregando um cesto de roupas.

5) Manter a amplitude de movimento articular: Através de posturas e exercícios de alongamento para prevenção de deformidades.

6) Treinar técnicas específicas para cair com segurança

                 

A Clínica Fisioform possui profissionais capacitados para a reabilitação de pacientes com ataxia. Para mais informações, entre em contato conosco.

Elysama Fernandes Alves – Fisioterapeuta.


Ataxias - Diagnóstico e Terapia Aplicada. Hospital das Clínicas. Porto Alegre, 2010.

Fisioterapia nas Ataxias - Manual para Pacientes. Hospital das Clínicas – UFPR. Curitiba, 2012.

ABCMED, 2014. Ataxia: como é? Quais as causas? Como são o diagnóstico e o tratamento? Como evolui?Disponível em: <http://www.abc.med.br/p/sinais.-sintomas-e-doencas/546797/ataxia-como-e-quais-as-causas-como-sao-o-diagnostico-e-o-tratamento-como-evolui.htm>. Acesso em: 19 mar. 2018.


Posts Relacionados

@2018 por Puxavante | wAdvice

FisioForm Clínica de Fisioterapia e Reabilitação

Rua Pedro Mayerle, 160, Anita Garibaldi - Joinville/SC, 89202-195 - 47 3433 6454

Rua Petrópolis, 668, Itaum - Joinville/SC, 89208-300 - 47 3426 1457

Rua Itaiópolis, 206, América - Joinville/SC, 89204-100 - 47 3031 9915