Vamos Falar sobre Fissura Labiopalatina
06 de Setembro de 2017




A magia da espera do seu bebê


A gestação do bebê é um momento muito especial e único para a futura mamãe e toda sua família. A formação da face do bebê geralmente ocorre nas primeiras 12 semanas da gestação com a formação dos ossos e todo o feto. Qualquer alteração neste período pode levar algum tipo de alteração na face ou no crânio, que chamamos de anomalia craniofacial. Uma das anomalias craniofaciais mais freqüentes é a fissura de lábio e/ou palato (FISSURAS LABIOPALATINAS) que ocorre em uma a cada 650 crianças nascidas no Brasil. O termo “Fissura” significa fenda ou abertura, sendo Labiopalatinas porque estão localizadas no lábio e ou palato (céu da boca). Podem atingir somente o lábio, uni ou bilateralmente ou ainda atingir ambos, lábio e palato, ou somente o palato.

ANTES APÓS



Em Joinville/SC contamos com um Serviço de referência no Estado para o tratamento desta anomalia.Carinhosamente, conhecido como o Centrinho Prefeito Luiz Gomes e tem se especializado ao longo desses 27 anos de existência em nosso município. Vale salientar que todo o tratamento é pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de forma gratuita inclusive as cirurgias.

Através do exame de Ultrassom realizado em torno da 20ª. a 26ª. semanas de gestação que alguns pais se deparam com a informação de que o seu bebê poderá nascer com essa Fissura na face. Porém, somente após o nascimento do bebê teremos o diagnóstico e assim o plano para o seu tratamento. No Centrinho Prefeito Luiz Gomes trabalhamos com protocolos de tratamento diferenciados para cada tipo de Fissura Labiopalatina.

Antes da cirurgia

Após a cirurgia



Quando o Exame de Ultrassom indica possível Fissura na face do bebê, o CENTRINHO PREFEITO LUIZ GOMES oferece um programa voltado para os pais e cuidadores durante a gestação, para orientá-los sobre o início do tratamento que deverá ocorrer após o nascimento do recém nascido. Esclarecendo sobre o nascimento , amamentação, desenvolvimento da fala, épocas cirúrgicas e a importância da participação das famílias e adesão ao tratamento desde muito cedo.

O tratamento das Fissuras Labiopalatinas depende da Avaliação de uma Equipe Interdisciplinar envolvendo diversas especialidades como a Odontologia, Cirurgia Plástica, Fonoaudiologia, Pediatria, Enfermagem, Serviço Social, Psicologia e demais especialidades. Dependendo do tipo de Fissura poderá ter diferentes épocas cirúrgicas, iniciando a correção cirúrgica do lábio (queiloplastia) de 3 a 6 meses de idade e a correção do palato (palatoplastia) com 1 ano /1ª /6 meses de idade.



O desenvolvimento da fala é sempre uma grande preocupação dos pais de crianças com fissura labiopalatina. O bebê com fissura de lábio e palato que ainda não foi operado poderá, da mesma forma, desenvolver esses primeiros sons. Quando se nasce somente com a fissura de lábio, não é esperado problema de fala específico, pois todos os sons podem ser produzidos normalmente, mesmo com a fissura de lábio aberta. Já quando a pessoa nasce com uma fissura no palato podem ocorrer problemas específicos de fala que são causados pela condição do palato estar aberto, quando ainda não foi operado. Com o palato aberto, os sons da fala são direcionados para o nariz fazendo com que a voz seja “fanhosa”, como se estivesse falando os sons nasais, dificultando a compreensão do que está falando. O nome correto para isso é hipernasalidade e deve ser corrigido após a cirurgia do palato, denominada palatoplastia primária, deve ser realizada, idealmente, no primeiro ano de vida, sendo indicado a fonoterapia ou Tratamento da Fala para adequação da comunicação.


O Centrinho Prefeito Luiz Gomes , localizado em Joinville/SC é um Centro de Referência Estadual de Santa Catarina no Tratamento de Fissuras Labiopalatinas , sendo também referência em Saúde Auditiva para o Norte Catarinense.


Para maiores informações, consulte um (a) Fonoaudiólogo, para saber mais sobre FISSURAS LABIOPALATINAS.


Literatura consultada:

As Fissuradas- Guia de Informações sobre Fissura Labiopalatina”

Organizadoras: Daniela Aparecida Barbosa/Luiza Pannunzio

1ª.Edição -2017.




A Clínica Fisioform apoia o Trabalho da Profis/Joinville e a Luz do Teu sorriso projetos que contribuem em prol das famílias e pacientes com Fissuras Labiopalatinas e Deficiências Auditivas.






Texto contribuição Fonoaudióloga Ana Carolina Xavier e Dra. Tatiane Selbach -Médica Pediatra.



APA




















@2018 por Puxavante | wAdvice

FisioForm Clínica de Fisioterapia e Reabilitação

47 3433 6454

Rua Pedro Mayerle, 160

Anita Garibaldi | 89202-195

Joinville | Santa Catarina

47 3426 1457

Rua Petrópolis, 668

Itaum | 89208-300

Joinville | Santa Catarina